quarta-feira, 18 de março de 2009

Nossa Juventude por Chagas Batista


Nossa Juventude

Nos últimos meses, Tarauacá vem sendo lembrado no estado e até conhecido no cenário nacional, por uma escalada de noticias negativa. Matéria da Rede Globo, incluindo nosso município no topo da exclusão social, uma explosão do tráfico de drogas com várias apreensões de grande volume cocaína. Para deixarmos mais aterrorizados, foi noticiado que os viciados e dependentes, estão fazendo manifestações publicas para protestar contra a qualidade dos entorpecentes comercializados na praça.

Fico pensando, onde vamos chegar com essa situação lastimável. O que mais me preocupa é saber que, numa situação onde não existem políticas publicas destinada a incluir a juventude, - ela se torna presa fácil da ofensiva criminosa do tráfico e da marginalidade. Tarauacá é uma cidade de uma juventude bonita, alegre e irreverente, mas sofre com a falta atenção e respeito do poder local, que não oferece nenhum programa de lazer, trabalho e cidadania. Vale questionar o porquê desse descaso.

O Brasil tem 48 milhões de habitantes entre15 e 29 anos. É nesta faixa etária da população Brasileira que se encontra os piores índices de desemprego, evasão escolar, falta de formação profissional, mortes por homicídios, envolvimentos com drogas e com a criminalidade. Para enfrentar esses desafios o governo federal instituiu a política nacional de juventude, aprovada pelo congresso nacional e transformada em lei. No mesmo ato o presidente criou o conselho nacional de juventude, a secretaria nacional de juventude e o programa nacional de inclusão de jovens, (PROJOVEM)

O governo realizou estudos e diagnósticos e criou vários programas integrados, ao programa nacional, visando atender os jovens excluídos da escola e da formação profissional. Programa bolsa atleta, Brasil alfabetizado, Escola aberta, Juventude e meio ambiente, Nossa primeira terra, Cultura viva, Educação profissional, estimulo ao primeiro emprego, livro didático, Projeto Rondon, Pronaf jovem, universidade para todos, programa segundo tempo e programa soldado cidadão. A meta é sair de 467 mil jovens atendidos e atingir 4,2 milhões até 2010.

Esses programas foram implantados em todas as capitais do país e serviram como modelo de políticas para os demais municípios formularem seus projetos e pleitearem recursos. Inspirou também a criação dos conselhos municipais de juventude como espaço de diálogo entre a comunidade juvenil e as prefeituras, para assegurar que as políticas de inclusão da juventude, sejam conduzidas por meio do reconhecimento dos direitos e das capacidades dos jovens e da ampliação da participação cidadã.

Em Tarauacá, por incrível que pareça, uma associação de moradores é capaz de construir um centro cultual para oferecer espaço de lazer e cultura e a prefeitura não consegue fazer uma quadra de esporte. Não há nem um programa de atenção a nossa linda juventude. O programa mais arrojado, criado pelo chefe do executivo Taraucaense foi o PROGADO, que visa atender suas próprias necessidades fisiológicas e financeiras. Nessa situação, os traficantes aproveitam e criam o PRODROGA, para destruir muitos que ainda estão na fase do despertar para a vida. Aqueles que já foram dragados pelo vicio, estão exigindo melhor qualidade do seu próprio suicídio. E a nossa juventude, e seu, futuro, vão deixar que sejam essa gente a decidir?

2 comentários:

Tarauacá melhor disse...

Eu queria saber qual é e qual seria o seu projeto em busca dessa juventude,ja que a politica acabou e você perdeu, agredito que vc tenha em mente varios planos e projetos, mais o que lhe impedi de fazer algo para esses belos adolescentes ja que vc mesmo ressaltou que uma comunidade conseguiu um centro cultural, Por que só falar da "Prefeitura" não vai resolver, espero que vc faça algo por nós aqui é mais um desenpregado, ex ficiado e com esperança de um tarauacá melhor, deixe de reclamar, pois quando chegar a sua vez vc terar todos os recursos para trabalhar, nunca desista do seu ideal mais lute pelo o amanhâ do proximo e deixer de criticar a prefeitura pois o povo quer sofrer e é sofrendo que se aprende, procure trabalhar em prou do povo Ok.

Giovanni disse...

Tarauacá Melhor...
Batista já fez muito pela nossa juventude mesmo sem ter o poder que ele merece de verdade, poder que o prefeito atual tem. Nós da UJS estamos apenas organizando a juventude em busca de melhorias pra nossa cidade, coisa que o seu prefeito não fez e nem vai fazer porque não interessa a ele e nem a você. Batista é uma das pessoas que faz esse apoio a grupos organizados como o nosso, e ele nunca vai dar razão a ideais como o do atual prefeito, e nós vamos estar do lado de Batista nesse caso, e óbvio vamos fazer nossas críticas. Cobre as coisas do seu prefeito e não de Batista, afinal ele se reelejeu não foi? Pergunte pra ele os projetos que ele tem pra gente, e não se esconda em comentários de blogs, identifique-se, dê sua cara a tapa. Paz sem voz não é paz, é medo.